SCM Music Player

Última Atualização

Muito obrigada meu querido pela linda homenagem. amo você.

Meu querido amor, muito obrigada pela linda homenagem que você me fez aqui no blog, está lindo demais e tudo que você me falou através da música é simplesmente maravilhoso, muito obrigada amor meu, amor da minha vida. Acordar com beijos seus foi maravilhoso, perfeito amor meu. Amo você meu rei, beijinhos em seu coração. Sua eterna Teresa

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Como gosto!

Gosto do jeito que me pegas.
Gosto do jeito que me seguras.
Gosto do jeito que me tocas.
Tu me pegas com carinho, com doce ternura.
Tu seguras com força sem ser rude.
Tu me tocas e minha alma responde ao seu toque
e todo meu ser se gloria.
Gosto do jeito que me beijas.
Gosto do jeito que me abraças.
Gosto do jeito que me proteges.
Tu me beijas com seus lábios sedentos de amor e
tens por inteiro todos beijos meus.
Tu me abraças e envolve meu corpo num laço
e tens de mim o mais lindo laço de amor.
Tu me proteges até dormindo e é no teu colo
que me pegas quando sonho algo que me faz chorar dormindo.
Gosto do jeito que me amas.
Tu me amas mais que tudo nesta vida e terás sempre de mim
o meu maior amor incondicional meu bem meu anjo guardador.
Te amo meu marido querido.
Tua Maria Teresa

4 comentários:

  1. Até suspirei, lindo demais!
    Meu casal de amigos apaixonados, lindos, que são dignos um do outro pelo imenso amor que os une, essa reciprocidade é o que move a vida dos que amam de verdade!
    Como entendo isso, tenho um amor assim, acho que nem consigo imaginar um dia ficar sem o meu amado, nossa, nem quero pensar!!!
    Abraços apertados ao amado casal!

    ResponderExcluir
  2. Olá Maria,
    assim que cheguei senti muito amor neste blog. Parabéns pelo amor que ambos tem um pelo outro.
    Aproveito e fico com vc aqui.
    Ótimo final de semana


    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Teresa.
    Muito lindo esse gostar de pele,alma que faz sorrir o coração e deixar face leve.
    Tenho certeza de que a união está com vocês permanecendo emultiplicando o amor em todos os sentidos.
    Tudo de bom.
    Sejam mais felizes ainda.
    Lindo fim de semana de paz.
    Beijos na alma.

    http://refugio-origens.blogspot.com.br/2015/09/ao-som-do-bolero-by-patricia-pinna.html

    http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/5372995

    http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br/2015/09/setembro-de-paz.html

    ResponderExcluir
  4. Bom dia de um final de semana de chuva por aqui
    hora de visitar agradecer mais uma vez seu carinho
    desejar sempre o melhor ,elogiar seu espaço cheio
    de beleza, e curtir o que tem de bom por aqui, bjusss
    até sempre

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.
Volte sempre,deixe seu comentário
por que assim conhecerei um pouco
de ti e do teu pensar.
Sinta-se acarinhado pela poesia
que brota do meu coração e pela
boa música que com seus acordes
adoçam a vida!
Um abraço!
Fica sempre com Deus!
Maria Teresa Fheliz Benedito

A Rosa e o Girassol

A Rosa e o Girassol.
Tão distintas e tão iguais.
Buscaram o mesmo solo, um solo pedregoso
e árido para desabrochar.
Uma ao lado do outro encantando os pássaros,
as borboletas, enfeitiçando as joaninhas.
Fico aqui a pensar, por que os homens
não podem viver em harmonia?
Que bom que no jardim da nossa casa as plantas se harmonizam e enfeitam a nossa vida.
Obrigada meu Deus,por tão lindo presente. Amém!

A alma e as estações!

A alma daquela mulher anda como as estações

Seu coração está na mão das estações

Ele sabe definir o vento, o sol, a alegria, a tristeza...

E se aninha a saudade vendo o sol partir!

O sol parte em busca de um novo dia do outro lado

E a noite vem e aperta este coração solitário

Sufocando o ser que quer ser e fazer feliz.

Mas está tão triste e o pior se sentindo tão sóQue por mais que queira não consegue ser

Pode apenas estar ali sozinha no canto de si mesma.

E de mãos dadas com as estações e muito triste

Caminha lentamente pela solidão de si mesma

Que se fez sossego dentro dela e em seu coração

Mas que chora por um amor que não chega

E que agora tem medo até de ser e até de estar.

Cansada de apenas estar

Recolhe-se a poesia que adentra o seu ser

Encolhe-se todinha a espera de inspiração

Para rimar com estações, por que seu

Pensamento voa e não consegue atinar

Que você não chega a tempo para eu lhe amar!

Maria Teresa