SCM Music Player

Última Atualização

Muito obrigada meu querido pela linda homenagem. amo você.

Meu querido amor, muito obrigada pela linda homenagem que você me fez aqui no blog, está lindo demais e tudo que você me falou através da música é simplesmente maravilhoso, muito obrigada amor meu, amor da minha vida. Acordar com beijos seus foi maravilhoso, perfeito amor meu. Amo você meu rei, beijinhos em seu coração. Sua eterna Teresa

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Amo você

Momentos ímpares

Dia do Amor
Onde vou tocar
Zabumba para comemorar a
Esperança
Do amor, da
Esperança da vida que
Jorra como água na nascente
Unindo os
Namorados mostrando um
Horizonte novo
Onde todos irão
Deslumbrar o
Infinito de um
Amor repleto de
Dádivas preciosas
Onde a paz, a
Sabedoria irá
Navegar na
Amizade verdadeira, na
Mansidão da união
Onde haverá sempre
Rara beleza por que
A luz do verdadeiro Amor sempre
Dará sabor delicioso a vida a dois
Onde nunca haverá
Saudade!
Sua eterna apaixonada, Maria Teresa

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Você já imaginou a imagem do som?


Eu já!
O som tem várias imagens.
Tem a imagem do passarinho que canta ao amanhecer um som diferente do qual canta ao anoitecer.
Tem a imagem da gaivota que canta ou lamenta sua alegria ou dor, não sei.
Tem a imagem das flores que sussurram quando desabrocham do botão.
Tem a imagem da criança que brinca e conversa alegremente com os amiguinhos.
Tem a imagem da mãe que amamenta seu filhinho com tanta ternura e amor.
Tem a imagem daqueles avós que brincam ao entardecer com os netinhos no jardim.
Tem a imagem da borboleta que voa de flor em flor declarando seu amor.
Tem a imagem da oração que fazemos em agradecimento a Deus ajoelhados aos pés da Cruz.
Tem a imagem do som de casais enamorados.
Tem a imagem do tilintar de taças que brindam o amor.
Tem a imagem de tudo que sua imaginação desejar.
Tem até a imagem do meu pensamento que se exprime através destas letras, no tilintar ritmado deste teclado.
O som existe através da imagem que eu vejo que eu sinto diante de mim.
                  Maria Teresa - 2017

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Aromas



Gosto do aroma do pão saído do forno,
me faz lembrar de vovô e dos seus pãezinhos
redondinhos que ele fazia naquelas tardes de inverno,
da minha infância, que ainda sinto aquele cheirinho inesquecível.
Que delícia o cheirinho de água misturada com pó de café que ia escorrendo pelo velho coador de pano, pelas mãos delicadas de mamãe enquanto cantarolava um velho e lindo fado, dá ainda para ouvir o som daquela voz inesquecível para mim e sentir o cheiro daquele café.
Um livro novo que delícia de cheiro ele tem,
cheira novas viagens e incríveis descobertas,
este cheirinho me faz voar pelas poesias e romances
que saltam das páginas em forma de letras e sentimentos,
me fazendo voar além de tudo que é possível voar.
E a terra molhada pela chuva que cia, uau!
Para mim é vida, sementes que ali estão hibernando,
desabrocharão em flores, para me encantar 
e perfumar meu caminhar e darão frutos 
para minha boca adoçar com deliciosos sabores.
Aromas, cheiros, sabores, me fazem voar, sonhar...
         Maria Teresa


segunda-feira, 22 de maio de 2017

Dia do Abraço é todo dia


Amor tu já reparastes que eu 
caibo direitinho no teu abraço?
Caibo direitinho por que tu com todo teu cuidar 
me ajeita com teu amor a cada abraço 
para não ficar nada de fora deste abraço.
Bom demais caber no teu abraço assim.
Me sinto protegida, me sinto “ternurada” 
e acarinhada por este doce e forte abraço.
Bom demais também dormir neste abraço 
e pela amanhã despertar no teu abraço de amor.
Posso até crescer, engordar 
que mesmo assim caberei no teu abraço 
por que ele é auto-ajustável 
pelo amor que há em cada abraço.
Este abraço faz parte do meu mundo, 
do meu corpo que se aninha 
todos os dias neste abraço.
Ai que delícia é ter esse abraço!
Um beijo abraçado em teus lábios, 
que só sabe me abraçar a cada beijo de amor.
De tua Teresa

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Você veio através da saudade


Você chegou de mansinho, sorrindo,
olhando dentro dos meus olhos
e eu toda sem graça sorri de volta,
mas parecia que sempre nos vimos
em nossos passeios pelo espaço
sideral enquanto dormíamos.
Não sei explicar, mas era bem assim,
sentia saudades deste seu olhar dentro
do meu, 
do seu sorriso afagando meu
coração 
e seu beijo tímido roçando
minha face, 
até parecia que já havia
sentido esse toques suaves e delicados
em meu ser.
Por isso a saudade, quando olhei para
você pela primeira vez senti saudade
do olhar, do sorriso e
do beijo roçando minha face.
Com certeza absoluta nos encontrávamos
as escondidas lá no espaço sideral.
Estranha e deliciosa saudade,
que hoje não sinto mais, por que nos temos
aqui, um diante do outro a todo tempo
de nossa vida.

   De sua Teresa

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Reeditando - Amor de Outono.

Que lindo é o amor de outono.
Amor maduro.
Amor do sabe o que quer.

Amor do carinho sincero.
Amor do afeto sem medida.
Amor de confiança plena.
Amor sem espera, só de encontros.
Amor, amor.
Ah como é lindo o amor de outono.
Amor sem medo de amar.
Amor sem medo de demonstrar.
Amor sem medo de dizer a toda hora, “eu amo você”.
Amor sem medo do amanhã, por que o hoje é a hora de amar.
Amor com loucuras sem medidas.
Amor com sabedoria infinita.
Amor sem manipulações.
Amor sem falsas intenções.
Amor sem mentiras.
Amo amar você, esse nosso amor de Outono.
Maria Teresa- 2010

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Oito anos com você meu amor!



Oito anos que nos vimos pela primeira vez
Oito anos que nos olhamos e nos descobrimos
um ser do outro.
Oito anos que nos amamos sem barreiras.
Oito anos que somos, cúmplices, amigos, 
namorados e amantes.
Oito anos que somos o Amor!
E a emoção hoje é mesma da primeira vez que olhei 
para seus olhos pela primeira vez e desde então 
soube que foi Jesus que enviou você para mim.
E a cada dia que amanhece, 
é um novo dia para conhecer você.
Para aprender algo novo com você.
E descobrimos juntos as mágicas do amor.
Gosto muito de estar vivendo com você
estes oito anos lindos,
repleto de doçura, respeito,
muito amor, amizade e cumplicidade.
Sou sua há oito anos, mas parece
que desde sempre estive ao seu lado.
Quero viver ao seu lado por mais
oitos anos vezes oito,
viver além desta vida e além deste amor.
Viver "per sempre" e
que Deus nos dê sabedoria
para vivermos para sempre este amor.
      Sua Teresa  



quarta-feira, 3 de maio de 2017

Amo por que amo!


Amo o amor!
Amo amar!
Como é bom amar!
Ter um coração que só quer amar
e amar sem limites.
Bom amar o amor.
Se eu não amar o amor.
Como vou amar o meu amor?
Amo a vida, amo viver.
Amo o amor da minha vida.
Que é você meu amor.
Amar, amar, amar, amar o amor.
É amar a si também
e amar a vida.
Como é bom amar.
Não sei viver de outro jeito.
Se não for assim,
amando sem parar.
Amando o amor.
Amando amar.

Amando você!

terça-feira, 25 de abril de 2017

Dia do Amor é todo dia



O amor é um sentimento mágico e encantado.
Ele forma um elo entre o coração e a alma.
Por certo é o elo, a aliança mais belo que há.
O amor nos faz viajar por mares, montanhas, planícies
nunca viajadas ou até mesmo sonhadas.
O amor nos faz viajar além do tempo e do espaço,
seja do universo como de nós dois.
O amor nos faz viajar sem sair do lugar, só temos,
só precisamos ficar um ao lado do outro e viver este amor.
E por toda esta magia e encantamento de amar,
sentimos a felicidade de perto.
Não precisamos nem fechar os olhos para senti-la,
ela está em nós e por nós,
em cada gesto,
em cada olhar, em cada toque, em cada sonhar
Do nosso amar!
            Maria Teresa.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

O sonhar!


De encontro ao sonho
De encontro a canção
Só que há desencontro
Indo de encontro a canção
E neste desencontro me encontro
Sozinha com o sonho na mão
E com o canto no coração
Sozinha num canto contando
Com o sonho que se esvai
Com a canção. (1999)

(Hoje não sou mais só, em 2009 , 
você chegou trazendo alegria 
e muito amor a minha vida)
   Maria Teresa

terça-feira, 18 de abril de 2017



Uma estrela,
     Brilho!
A gaivota,
     Liberdade!
Uma flor,
     Delicadeza!
O sol,
    Calor, vida!
A água,
   Pureza!
O mar,
   Poder!
O barco,
   Só e perdido!
A voz,
   Silêncio!
A criança,
   Saber!
As mãos,
    Sozinhas!
(agora não mais)
A realidade,
    Esperança!
O Ser,
    Buscando ser. ((((((1999)))))
         Maria Teresa

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Mãos - (1999)



Mãos que se encontram, mas nunca se viram
Nunca se tocaram, nunca sentiram a maciez
De uma e de outra,
Mas sabem de como é ser tocada por elas,
Já sentiram de maneira não concreta o
Toque das mãos e se emocionam cada vez
Que este toque acontece, quando viajam
no espaço sideral e se encontram
No plano dos sonhos, das quimeras e da verdade,
Não precisam que o irreal se torne real para que este toque  possa acontecer, só precisam saber
Ser no espaço do estar,
Por que o ser de cada um está onde estão
As tuas mãos... 
Momento de loucura de
Sanidade, isso não importa,
Neste momento o meio
É justificável...
            Maria Teresa. 

domingo, 26 de março de 2017

Antes de te conhecer era de ti que eu sentia saudades! 2016

                                      Praia Domingos Dias, através do olhar do meu marido

Antes de te conhecer eu sentia que este
não era meu lugar, não era meu tempo,
não era meu mundo.
Eu sentia saudades de alguém que não
conhecia e quando conheci a ti soube
que era de ti que sentia tanta saudade.
O tempo custava a passar e eu me sentia
muito mais só,
era como se eu estivesse
permanentemente na escuridão
das noites tristes e solitárias.
Os sentimentos se embaralhavam dentro de mim,
formando um amontoado de desejo e vontade de
amar e ser amada,
de fazer e ser feliz,
mas tudo ficava
no vazio,
na solidão
e a dor de não viver um grande
amor me asfixiava e me sufocava,
me deixando ainda mais só,
mas eis que tu chegaste
e levou para longe de toda esta dor,
agora tudo dentro de mim tem nome,
tem rosto
tem tu, meu amor,
 o inteiro da minha alma!


Maria Teresa - 2016

quinta-feira, 9 de março de 2017

quarta-feira, 8 de março de 2017

Mulher



Amo ter nascido mulher e não sou cópia de ninguém,  sou única, mas trago na alma e no semblante traços fortes de papai e de mamãe.
Nunca quiz ser igual a alguém, mas sempre procurei tirar ensinamentos das pessoas boas que por mim passaram.
E hoje no calendário é Dia Internacional da Mulher,  acho justa esta deferência,  mas prefiro igualdade no salário com o dos homens.
Porque temos que trabalhar o mesmo tempo e na maioria das vezes muito mais que eles, pois chegamos em casa e ainda temos muito para fazer e ganhamos menos?
Que justiça é esta?
Que igualdade é esta?
Amo ser mulher e não trocaria por nada está grande benção de Deus.
Felicidades queridas amigas  e lutem sempre por seus direitos, porém sem perder a ternura,  a delicadeza e a feminilidade.
         Maria Teresa.

domingo, 5 de março de 2017

Única



Não há ninguém igual a mim.
Sou única.
E esta é a única garantia que dou.
É assim que me sinto.
Tenho um coração que só sabe amar.
Veja-o, abra-o, ame-o.
E por favor cuide bem dele.
Ele é tudo que sou e tenho. 
      Maria Teresa



sábado, 4 de março de 2017

Música



A música para mim tem perfume.
Ela perfuma minha vida.
Ela encanta o meu coração.
A música embala o meu amor.
O amor que tenho por ti.
Por ti que povoa meu coração
e meu pensamento, que arrepia
meu corpo com teu olhar.
A música invade meu espaço com suavidade,
envolvendo meu ser numa súplica,
numa prece, só de amor.
Sem música não posso viver.
Sem ela a vida não tem graça,
O amor não tem magia, não tem poesia.
A música para mim é moldura da vida.
Como o porta-retrato é para o retrato.
A música é tudo.
É ela que inspira o meu poemar por ti!
         Maria Teresa.

                             

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Poesia


Margarida do nosso quintal. 
Uma criança me perguntou:
- O que é Poesia?
Hum!
Poesia é tanta coisa!
É ver o desabrochar de uma flor!
É se encantar com o canto dos pássaros!
É emocionar diante do nascer ou o pôr do sol!
É sentir descanso no voo do beija-flor
que vai de flor em flor beijando-a com carinho!
É sentir magia diante da lua num aquário estrelar!
É ficar sem palavras, diante de uma criança, (Vicente, meu sobrinho) que veio para nos iluminar!
É sentir tesão diante da vida e do viver!
É ficar feliz ouvindo músicas que falam de amor!
É extasiar-se diante do amor entre as pessoas!
Poesia é tanta coisa...
É gostar do barulho do mar, da chuva...
É gostar do cheiro do sol...
É sentir alegria quando os olhos veem
o deslizar do rio pelas encostas da montanha.
É ficar de bobeira diante do voo da gaivota lá naquele mar...
É gostar do silêncio para poder ouvir o burburinho da natureza.
Poesia é Amar!
                Maria Teresa.


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

“Poemas”

  
Imagem clicada por mim, lindo lugar!

Escrevo “poemas” desde sempre.
Poemas estes tristes, melancólicos.
Falavam de dor e de solidão,
desamparo, dor de coração.
Dor essa que sufocava,
limitava meu ser.
Mas eis que o “bem” chegou
e encheu minha vida de poesia,
de música, de esperança de amor!
E agora continuo “poetando”,
mas só os que falam de amor,
de esperança de vida, de tesão
por essa arte maravilhosa
que é Amar!
Amo, amo muito a ti!
E sei que ti me amas, me amas muito!
E com essa mistura linda,
sana e insana vamos vivendo momentos
"loucos”, que só nos levam para o amor.
       Maria Teresa

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Sentir



O que escrevo é o pedaço mais íntimo de mim
o mais sincero e verdadeiro do que sou
é o meu eu em movimento,
no movimento que as palavras tem dentro do meu ser
e quando digo que te amo em meus versos,
é por que te amo de verdade.
Não conseguiria ajuntar as letras e formar
palavras se elas já não estivessem escritas dentro de mim,
elas ficariam sem movimento, seriam sem valor.
Se não sentisse verdadeiramente o que sinto
O meu coração jamais falaria em versos o meu sentir.
Meus olhos cairiam em contradição se fosse só poesia.
Eu sinto e pronto e não quero entender os
“porquês” deste sentir.
O amor não precisa de justificativas, ou ama ou não ama!
E é tão bom sentir este bem querer em meu ser, 
estas cócegas no coração, este arrepio no corpo...
Deixo fluir, amor, fantasia, desejo, tesão, sonho, bem querer...
Se impedir, bloquear, este sentir, 
todo estre encanto de dentro de mim, 
com certeza vou me deletar de mim.

E não existirei mais 
e com certeza deixando o ser de ser!
                                               Tua Teresa

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Bodas de Madeira - Cinco anos de casados e oito de convivência



Cinco anos de casados, 1825 dias de pena felicidade e cumplicidade.
Quando nos conhecemos em 26 de Abril de 2009 e já são 2920 dias de namoro, você me fez mais completa e feliz.
Você desabrochou em mim o amor que eu desconhecia um amor de paz, de tranquilidade, de ternura, de entrega total do coração.
Você meu amado, me trouxe mais alegria e amor para o meu viver.
Eu já era feliz, mas esta felicidade eu não conhecia, e quem me apresentou foi você meu querido José!
Você faz dos meus dias os melhores de viver, me trás amor e proteção a cada amanhecer.
Amo você para sempre e hoje renovo estes votos diante de Deus.
Parabéns para nós, meu amor!

Felicidades para nós, meu amor!
Que Deus nos proteja e nos abençoe para todo o sempre, amém!
                Sua para sempre, Maria Teresa.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Sinfonia de silêncio e de luz.

Quadro pintado por papai e veio a calhar com meu poema.

Imagine uma sinfonia de silêncio e de luz.
Mergulhe nesta imensidão de luz e silêncio
e de luz e se deixe voar.
Voar no silêncio da alma com a luz do coração.
Voar além, muito além, além da sua verdade.
Eu vou, estou indo, já estou a voar...
Descortinando mares,
ao lado do meu bem e da gaivota branca.
Tudo muito louco e muito real.
Transcendendo o tempo do espaço de nós dois
e voar, voar, voar.
Voando para lá, 
onde está o nosso sonho que só queremos amar.
Voando nesta loucura santa que é amar você.
Voando, vamos juntos enlouquecer este mundo de amor,
de paz, de bem querer,
nesta sinfonia de silêncio e de luz.
                           Maria Teresa.


Uma vida com você.


Uma vida com você.
Uma vida de cumplicidade no amor.
Uma vida de carinho tatuada no amor.
Uma vida de paz enraizada no afeto do amar.
Uma vida de companheirismo nas coisas difíceis que tivemos que passar.
Uma vida de ternura colada em nós dois.
Como é bom viver esta vida com você,
sempre repartindo tudo e multiplicando o amor.
É uma vida abençoada por Deus,
Podemos sentir sua mão sobre nós todos os
dias deste delicioso viver ao seu lado.
Renovamos todos os dias o nosso amor,
vivendo cada dia como se primeiro fosse
em nossa vida, como se tivéssemos
nos conhecendo a cada manhã.
E assim seguiremos nossa vida,
como se cada amanhecer fosse
o primeiro amanhecer de nossa vida juntos.
Como é bom viver ao seu lado, amor do meu viver.
Amo você de jeitinho novo a cada amanhecer.
Nunca deixarei o amor envelhecer,
ele será sempre novinho,
como se tivesse acabado de nascer,
por que viver ao seu lado é nascer de novo
a cada amanhecer.
O amarei hoje e para todo o sempre.
               Maria Teresa.


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Sozinha




Uma jarra de vinho
Duas taças
Um tira gosto
E uma mulher querendo brindar o amor
Mas a solidão esmaga, dilacera
Aquele coração solitário
Que só quer amar e ser amado
Está só na mesa de um bar
E a música rola esmagando,
Dilacerando ainda mais
Aquele coração que só quer amar
E ela brinda sozinha
Na noite que já vai longe
e a segunda taça fica ali,
intacta, sem nenhuma digital
com o vinho que esquenta
na noite quente de verão
e aquela mulher só querida
um alguém par amar e brindar o amor,
mas está só na mesa de um bar.

      Maria Teresa (2017)

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

A flor da pele

 
Pôr do sol em Cunha, clicado por mim.

Tudo a flor da pele
A dor, o choro
A alegria, o riso
O sonho, a ilusão,
O sonho sem ilusão
A ilusão sem realização
O ideal sem a imagem
O calor, o frio
A luz, a treva,
A solidão na loucura
A loucura no sonho
A vida na morte
O nascer no morrer
Tudo a flor da pele
Até a morte da busca
Pra ficar inerte em
Torno do nada...
Para não ter que ter
Pois se esqueceu de ser...

Maria Teresa (1999)

A Rosa e o Girassol

A Rosa e o Girassol.
Tão distintas e tão iguais.
Buscaram o mesmo solo, um solo pedregoso
e árido para desabrochar.
Uma ao lado do outro encantando os pássaros,
as borboletas, enfeitiçando as joaninhas.
Fico aqui a pensar, por que os homens
não podem viver em harmonia?
Que bom que no jardim da nossa casa as plantas se harmonizam e enfeitam a nossa vida.
Obrigada meu Deus,por tão lindo presente. Amém!

A alma e as estações!

A alma daquela mulher anda como as estações

Seu coração está na mão das estações

Ele sabe definir o vento, o sol, a alegria, a tristeza...

E se aninha a saudade vendo o sol partir!

O sol parte em busca de um novo dia do outro lado

E a noite vem e aperta este coração solitário

Sufocando o ser que quer ser e fazer feliz.

Mas está tão triste e o pior se sentindo tão sóQue por mais que queira não consegue ser

Pode apenas estar ali sozinha no canto de si mesma.

E de mãos dadas com as estações e muito triste

Caminha lentamente pela solidão de si mesma

Que se fez sossego dentro dela e em seu coração

Mas que chora por um amor que não chega

E que agora tem medo até de ser e até de estar.

Cansada de apenas estar

Recolhe-se a poesia que adentra o seu ser

Encolhe-se todinha a espera de inspiração

Para rimar com estações, por que seu

Pensamento voa e não consegue atinar

Que você não chega a tempo para eu lhe amar!

Maria Teresa