SCM Music Player

Última Atualização

Muito obrigada meu querido pela linda homenagem. amo você.

Meu querido amor, muito obrigada pela linda homenagem que você me fez aqui no blog, está lindo demais e tudo que você me falou através da música é simplesmente maravilhoso, muito obrigada amor meu, amor da minha vida. Acordar com beijos seus foi maravilhoso, perfeito amor meu. Amo você meu rei, beijinhos em seu coração. Sua eterna Teresa

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Tempo que passa

                              Vista da varanda do Restaurante Alecrim, com chuva silenciosa.

Parece que o tempo não passou.
Parece que tudo aconteceu ontem mesmo.
Fico olhando para minha vida dentro de mim
E parece que o tempo não passou,
Parece que cada fato aconteceu ainda ontem.
Tudo está tão perto, esta é a sensação,
Mas tudo está tão longe e intocável,
Nada pode ser mudado.
O tempo não fez as lembranças envelhecerem
e nem se estragarem.
Todas estão lá fresquinhas, novas,
parecendo que acabaram de acontecer.
Tudo isso é muito louco...
E fico aqui a sentir que o tempo
não passou e que o começo da minha
história está logo ali,
parece que dá até para tocar
com meus dedos...
Gosto disso, gosto deste sentir,
gosto desta loucura sana que
meu ser tem vontade de cantar...

      Maria Teresa  - 2016

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Pensando, sempre pensando



Pensando em ti, nem sinto a hora passar.
Mas como quero que as horas parem
quando estou nos braços teus a te amar.
Pensando em ti, nem sinto
o tempo passar,
sumir, por que ele some...
Mas como quero que esse tic tac
ande para trás,
para que eu fique por mais tempo
nos teus braços a te amar.
Pensando em ti nem sinto que anoiteceu.
E como quero que a noite não
passe para que eu fique para
sempre em teus braços a te amar!
Maria Teresa

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Andarilha das estrelas




Sou andarilha das estrelas dos seus olhos.
Gosto de “andarilhar” pelo espaço do seu sorriso.
Mergulhar nas estrelas azuis do seu amor.
Sou andarilha das suas mãos 
que me afagam com seu amor.
Gosto de “andarilhar” em você.
Bom demais ser sua andarilha.
Vou “andarilhar” um pouco mais 
pelo espaço de você.
Até que adormeça em seus braços 
e sonhe que estamos
“andarilhando” além as 
nossas montanhas azuis.
Sua Teresa

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Reeditando - Despida por ti



Cada vez que me olhas sinto-me despida por ti.
E sem medo me entrego ao teu olhar
E tu me dizes sempre que linda que és!
E teu olhar cravado no meu olhar
Sinto teu amor se revelando a mim.

Nosso olhar acompanha nossas mãos
Que mais uma vez se tocam no ar
E vão de encontro ao nosso ser
Despertando em nós sentimentos
até então desconhecidos por nós.

O teu olhar sobre o meu olhar cheio de amor
Percorre meu prazer, cada pedacinho dele
Desnudando a minha alma e a faz tua só tua
Tu penetras meus mistérios que nem eu mesma conheço
E enlaça meu coração com teu suave e doce amor.

O meu olhar sente o teu olhar
Sentindo a maciez dos teus lábios
Buscando os meus molhando-os do seu mel.

O teu olhar sobre o meu olhar,
me amando por inteira.
E o meu olhar te responde
te amando para sempre!   
        Tua Teresa

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Nunca mais solidão

                                                                
Antes de te conhecer eu sentia que este
não era meu lugar, não era meu tempo,
não era meu mundo.
Eu sentia saudades de alguém que não
conhecia e quando conheci você soube
que era de você que sentia tanta saudade.
O tempo custava a passar e eu me sentia
muito mais só, 
era como se eu estivesse
permanentemente na escuridão 
das noites tristes e solitárias.
Os sentimentos se embaralhavam dentro de mim,
formando um amontoado de desejo e vontade de
amar e ser amada, 
de fazer e ser feliz, 
mas tudo ficava
no vazio, 
na solidão 
e a dor de não viver um grande
amor me asfixiava e me sufocava, 
me deixando ainda mais só, 
mas eis que você chegou 
e levou para longe de toda esta dor, 
agora tudo dentro de mim tem nome, 
tem rosto
tem você meu amor, 
o inteiro da minha alma!


                 Um beijo em seu coração de sua Teresa

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Comemorando nossas bodas de Flores, em 10/02/2016, com música e ternura.

Para melhor reprodução do vídeo, desligue a Playlist.

Uma vida ao seu lado


Uma vida meu amor de cumplicidade no amor.
Uma vida de carinho tatuado no amor.
Uma vida de paz enraizada no afeto do amar.
Uma vida de cumplicidade até nas coisas difíceis que tivemos que passar.
Uma vida de ternura sempre colada em nós dois.
Como é delicioso estar vivendo esta vida ao seu lado, sempre repartindo tudo.
É uma vida abençoada por Deus, podemos sentir a mão de Deus sobre nós todos os dias deste delicioso
viver ao seu lado.
Boa demais essa vida de 59.568 horas ao seu lado meu querido esposo.
Renovamos todos os dias nosso amor, vivendo cada dia
como se primeiro fosse em nossa vida,
como se tivéssemos nos conhecendo a cada manhã.
E assim seguiremos nossa vida, como se cada amanhecer fosse o primeiro amanhecer de nossa vida juntos.
Como é bom viver ao seu lado amor do meu viver.
Amo você de jeitinho novo a cada manhã, nunca deixarei
o amor envelhecer, ele sempre será novinho,
como se tivesse acabado de nascer, por que viver ao seu lado é nascer e fazer o amor nascer a cada amanhecer.
E hoje renovamos nossos votos de carinho, de ternura, de fidelidade, de cumplicidade, de companheirismo, de afeto, de alegria... 
Renovamos nossos votos de amor eterno, de amor além da vida, além do amor por você.
Parabéns a nós dois, todos os dias de nossa vida. 
Maria Teresa.


quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Nossas Bodas de Flores, 4 anos de casados, 10 de fevereiro






Quatro anos de casados.
2.482 dias juntos, 59,568 horas juntos.
Todos abençoados por Deus
e recheados pelo nosso amor.
Viver ao seu lado é me surpreender a cada segundo.
Viver com você é me encantar com seu amor
a cada amanhecer e a cada anoitecer.
Viver com você é estar sempre em levitação,
por que seu amor é bom demais.
Viver com você é ser feliz sempre,
mesmo nas horas difíceis o amor
está ali para segurar tudo, para proteger
nós dois de qualquer coisa.
Estamos vivendo hoje nossas “Bodas de Flores”
e não tem coisa melhor para enfeitar
o dia de hoje que flores, que amamos tanto.
E elas enfeitam nosso amor desde sempre,
Estão presentes no nosso dia a dia,
nos trazendo sempre felicidade e encantamento.
Parabéns meu bem, hoje é nosso dia,
vamos brindar nosso amor hoje e sempre.

Amo muito você.
     Eternamente sua Teresa.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Sinfonia de silêncio e de luz


Quadro pintado porm meu pai, Luiz José de Brum
na década de setenta.

Imagine uma sinfonia de silêncio e de luz.
Mergulhe nesta imensidão de silêncio 
e de luz e se deixe voar.
Voar no silêncio da alma com a luz do coração.
Voar para além, além  da sua verdade.
Eu vou, já estou a voar...
Descortinando mares,
ao lado do meu bem e da gaivota branca.
Tudo muito louco e muito real 
transcendendo o tempo do espaço de nós dois
e voar, voar, voar.
Vamos voar para lá, 
onde está o nosso sonho que só quer amar,  
voar nesta loucura maravilhosa que é amar você.
Vamos voar, vamos juntos enlouquecer este mundo de amor,
de paz, de bem querer, nesta sinfonia de silêncio e de luz.
Maria Teresa

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Você chegou pelas mãos da saudade



Você chegou de mansinho, sorrindo,
                                                      olhando dentro dos meus olhos

e eu toda sem graça sorri de volta,
mas parecia que sempre nos vimos
em nossos passeios pelo espaço
sideral enquanto dormíamos.
Não sei explicar, mas era bem assim,
sentia saudades deste seu olhar dentro
do meu, 
do seu sorriso afagando meu
coração 
e seu beijo tímido roçando
minha face, 
até parecia que eu já havia
sentido esse toques suaves e delicados
em meu rosto.
Por isso a saudade, quando olhei para
você pela primeira vez senti saudade
do olhar, do sorriso e
do beijo roçando minha face.
Com certeza absoluta nos encontrávamos
as escondidas, lá no espaço sideral.
Estranha e deliciosa saudade,
que hoje não sinto mais, por que nos temos aqui, 
um diante do outro a todo tempo de nossa vida.
Maria Teresa

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

E me perguntaram



Alguém me perguntou:
- Quem é você?
Eu respondi:
Sou uma voadora.
Tenho as asas levantadas
para o céu, prontas para voar
e os pés fincados no chão,
prontos sempre para descer
do voo que não faz bem voar.
Sou o desejo de Deus,
sinto que sou, o que Deus
quer que eu seja.
Meus pais tinham orgulho de mim e
agradeço todos os dias a Deus,
ter nascido de
Bernardina e de Luís,
meus heróis, meus espelhos
até hoje.
Amo a vida e amo viver.
Amo brincar com as letras
e deixar o coração
ditar "poemas" de amor ao meu bem.
Sou feliz e amo fazer os que me rodeiam felizes.
Sou crença e recompensa da vontade de Deus
e do amor pelo qual fui criada.
Maria Teresa

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Lua nua



Lua nua
Nua lua
Desnudando meu coração
Vestindo minha inspiração

Lua nua
Nua lua
Vem vestir meu coração
Vem inundar minha alma
Com sua linda luz cor de prata
Cobre a nudez da minha inspiração

Vem lua nua
Vem nua lua
Invade meu ser

Vem e me cobre com sua luz!
Maria Teresa.

Faço minha as tuas palavras, Fazes tu as minhas palavras.


Para melhor reprodução do vídeo, desligue a Playlist.
Precedido de declamação de Alberto Lupo " L'ultima Parole", com participação de Juca de Oliveira; Mina Mazzini & Alberto Lupo cantam : Parole, parole,parole
Tradução e edição de vídeo- J. Carlos.

A Rosa e o Girassol

A Rosa e o Girassol.
Tão distintas e tão iguais.
Buscaram o mesmo solo, um solo pedregoso
e árido para desabrochar.
Uma ao lado do outro encantando os pássaros,
as borboletas, enfeitiçando as joaninhas.
Fico aqui a pensar, por que os homens
não podem viver em harmonia?
Que bom que no jardim da nossa casa as plantas se harmonizam e enfeitam a nossa vida.
Obrigada meu Deus,por tão lindo presente. Amém!

A alma e as estações!

A alma daquela mulher anda como as estações

Seu coração está na mão das estações

Ele sabe definir o vento, o sol, a alegria, a tristeza...

E se aninha a saudade vendo o sol partir!

O sol parte em busca de um novo dia do outro lado

E a noite vem e aperta este coração solitário

Sufocando o ser que quer ser e fazer feliz.

Mas está tão triste e o pior se sentindo tão sóQue por mais que queira não consegue ser

Pode apenas estar ali sozinha no canto de si mesma.

E de mãos dadas com as estações e muito triste

Caminha lentamente pela solidão de si mesma

Que se fez sossego dentro dela e em seu coração

Mas que chora por um amor que não chega

E que agora tem medo até de ser e até de estar.

Cansada de apenas estar

Recolhe-se a poesia que adentra o seu ser

Encolhe-se todinha a espera de inspiração

Para rimar com estações, por que seu

Pensamento voa e não consegue atinar

Que você não chega a tempo para eu lhe amar!

Maria Teresa