SCM Music Player

Última Atualização

Muito obrigada meu querido pela linda homenagem. amo você.

Meu querido amor, muito obrigada pela linda homenagem que você me fez aqui no blog, está lindo demais e tudo que você me falou através da música é simplesmente maravilhoso, muito obrigada amor meu, amor da minha vida. Acordar com beijos seus foi maravilhoso, perfeito amor meu. Amo você meu rei, beijinhos em seu coração. Sua eterna Teresa

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Reeditando: Amo a ti!


Dizem que quem já declarou seu amor 
não precisa declarar mais,
por que declaração de amor é tudo igual. 
Mas quê!
Nada é igual no amor.
Posso declarar meu amor 
num olhar,
num suspirar,
num carinho,
numa palavra terna,
num beijo arrebatador, aquele de tirar o fôlego,
num beijinho, aquele tipo selinho...
Posso declarar meu amor em tantos atos que nunca terá ato final.
Declaro meu amor a você através de palavras escritas,
mas ditadas pelo coração e escritas aqui neste papel frio que é o monitor.
Hum que estranho, escrever num papel que é o monitor..
Declaro meu amor ao vivo e a cores para ti!
Hum!
Ai amor declaro agora meu amor a ti!
Declaro sim e sempre o declararei.
Gosto de declará-lo a ti.
Gosto do som destas palavras
mágicas, "eu te amo",
escuta como elas são maravilhosas de dizer e de ouvir,
Gosto do tilintar de  teclas aqui no computador, 
quando digo que te amo.
Gosto de quando declaro meu amor a ti, 
quando toco teu rosto com carinho ou com um beijo rápido e
você me olha com o canto dos olhos.
Gosto!
Gosto muito de declarar meu amor a ti, seja lá de que maneira for.
E declaro agora meu amor a ti, meu querido José!
Sou sua Maria, aquela que você conheceu numa noite de domingo 
 e eu a sua Maria aceitei ser acolhida por ti,
em teu coração, como gostei!
E agora declaro meu amor a ti.
Amo a ti meu doce amor, como eu amo a ti!
Amo-te com simplicidade e ternura.
Amo-te com loucura na passividade dos dias longe de ti.
Amo-te meu amor e isso nunca poderei negar, amo somente a ti e
amo-te mais que amo a mim!    


                     Tua Teresa

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Nós e as estações.


As estações andam de mãos dadas
com nós dois, como o amor também.
Eu nasci no verão, no seu ápice
e você nasceu na primavera.
Nos conhecemos no Outono.
Namoramos em todas as estações.
Noivamos na primavera.
Casamos no verão.
E agora a cada estação
comemoramos nosso amor,
festejando a cada dia nossa união.
beijinhos de sua Teresa


terça-feira, 18 de junho de 2013

Viajar no teu amor.



Querido bem estava aqui a viajar no teu amor,
sim estava viajando no teu amor.
E como é bom viajar através deste teu amor.
Mergulhei primeiro no seu carinho 
e me lambuzei toda neste acarinhar que só você tem.
Estou lambuzada por este teu carinho maravilhos de sentir.
Acarinhaste minhas mãos afagando-as com suaves beijos.
Acarinhaste-me por inteira com afeto e ternura.
E eu aqui a viajar no teu amor.
Mergulhei em teu olhar 
e como é bom este teu olhar!
Ele me olha com proteção, com desejo,
com amor e me labuzo toda, neste
teu olhar que eu amo.
Viajo no sorriso de tua boca, provocando uma gargalhada 
para me lambuzar ainda mais com teu lindo sorrir.
Olhas para mim e veja o que teu olhar me faz...
estou toda tua meu querido bem.
Que mergulho gostoso em teus braços meu querido bem,
que gostoso são estes braços que me seguram com força e suavidade.
Bom demais ser segurada assim por ti.
Eu adoro!
Viajo desta vez em teu corpo,
mergulho nele e nele me aqueço
e neste aquecer, carinhoso 
adormeço protegida sempre no teu amor!
  Teresa, sua viajante

sábado, 15 de junho de 2013

Presa e livre só para te amar.


Amar é se sentir livre no abraço mais apertado,
 mas se sentir também seguro e protegido.
Nos teus abraço me sinto a mulher mais presa 
e mais livre só para te amar.

um beijo em ti de sua Teresa

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Dia dos Namorados - Todo dia é dia do Amor!

Dia do Amor
Onde vou tocar
Zabumba para comemorar a
Esperança
Do amor, da
Esperança da vida que
Jorra como água na nascente
Unindo os
Namorados mostrando um
Horizonte novo
Onde todos irão
Deslumbrar o
Infinito de um
Amor repleto de
Dádivas preciosas
Onde a paz, a
Sabedoria irá
Navegar na
Amizade verdadeira, na
Mansidão da união
Onde haverá sempre
Rara beleza por que
A luz do verdadeiro Amor sempre
Dará sabor delicioso a vida a dois
Onde nunca haverá
Saudade!
         
Um beijo de sua Teresa, sua eterna apaixonada 

terça-feira, 11 de junho de 2013

Bom demais amar a ti!

                                           Como é bom amar a ti, neste espaço do tempo
e neste espaço de lugar, o nosso lugar e o nosso
doce tempo.
Sinta como é grande o meu amor por ti.
Não existe no mundo nada melhor
do que ficar contigo,
do que estar ao teu lado.
Tu és para mim luz que vem do teu olhar.
Tu és para mim paz que vem do teu sorrir.
Tu és para mim ternura que vem do teu coração.
Tu és para mim amor verdadeiro.
Como é bom meu bem estar em tua vida e
ter a ti meu bem em meu viver.
Meu caminhar é suave e sereno,
por que tenho a ti sempre ao meu lado.
Tu és tudo para mim.
Te amo na mansidão do amor e 
no fogo da paixão.
Feliz dia dos namorados meu amor.
Um beijo em seu coração de sua Teresa 

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Reeditando: Amor meu!

Poesia que escrevi quando ainda ficava longe alguns dias do meu amor, 
no ano de 2009
Foto de 2009.

Amor meu!
Doce amor meu!
Estou aqui a poetizar dentro do coração.

Longe de ti e este meu coração não entende por que.
E fica aqui a doer e sentir falta de ti.
Que falta ele sente de ti.
Amor meu que loucura insensata é ficar sem ti.
Dói a alma, dói o coração.
Dói todo meu corpo, pela falta de ti.
Meu doce amor que falta sinto de ti!
O que é que faço sem ti?
Amor que ar respirar sem ti?
Amor que roupa vestir sem ti?
Amor o que servirei para saciar minha fome sem ti?

Meu doce amor que falta sinto de ti!
Já não sei onde ir e nem por que ir sem ti.
Olho para minhas mãos elas estão vazias sem ti.
Amor meu, meus passos estão lentos, 
por que não me levam a ti.
Na cama rolo sem ti e as horas não passam 
e o sono custa vir.
Meus sonhos estão todos contigo e em ti.
Meu doce amor que falta sinto de ti!Amor que faço sem ti?
Responda-me, manda-me um sorriso antes 
que o dia anoiteça e venha outra noite sem ti!

           Um beijo só para ti de sua Teresa



terça-feira, 4 de junho de 2013

Só tu mesmo para conseguir assim.


                       Só tu consegues ouvir aquilo
que não digo com palavras,
mas que digo com meu olhar para ti.
Bom demais poder conversar assim contigo,
sem palavras ditas pela boca,
porém ditas através do coração
coisas de amor.
Bom demais ser assim contigo meu bem.
Um beijo de sua Teresa

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Você escolha perfeita em minha memória.


Sou a mistura de memória e de escolhas.
A memória está lá guardando tudo que vivo,
nada posso fazer para mudar uma memória e
lá fica ocupando espaços imensos dentro de mim.
Escolhas posso fazer delas o que eu quiser.
Só depende de mim escolher ou não alguma coisa.
E de todas as escolhas que fiz na vida,
você é a que me faz mais feliz.
Sou feita de escolhas e a escolha mais bonita
que fiz foi olhar para você.
E você está lá em minha memória em
 destaque sempre, toda hora lembrada por mim.
Amo você meu anjo guardador!
Beijos de sua Teresa

A Rosa e o Girassol

A Rosa e o Girassol.
Tão distintas e tão iguais.
Buscaram o mesmo solo, um solo pedregoso
e árido para desabrochar.
Uma ao lado do outro encantando os pássaros,
as borboletas, enfeitiçando as joaninhas.
Fico aqui a pensar, por que os homens
não podem viver em harmonia?
Que bom que no jardim da nossa casa as plantas se harmonizam e enfeitam a nossa vida.
Obrigada meu Deus,por tão lindo presente. Amém!

A alma e as estações!

A alma daquela mulher anda como as estações

Seu coração está na mão das estações

Ele sabe definir o vento, o sol, a alegria, a tristeza...

E se aninha a saudade vendo o sol partir!

O sol parte em busca de um novo dia do outro lado

E a noite vem e aperta este coração solitário

Sufocando o ser que quer ser e fazer feliz.

Mas está tão triste e o pior se sentindo tão sóQue por mais que queira não consegue ser

Pode apenas estar ali sozinha no canto de si mesma.

E de mãos dadas com as estações e muito triste

Caminha lentamente pela solidão de si mesma

Que se fez sossego dentro dela e em seu coração

Mas que chora por um amor que não chega

E que agora tem medo até de ser e até de estar.

Cansada de apenas estar

Recolhe-se a poesia que adentra o seu ser

Encolhe-se todinha a espera de inspiração

Para rimar com estações, por que seu

Pensamento voa e não consegue atinar

Que você não chega a tempo para eu lhe amar!

Maria Teresa